Arquivos da categoria: Área de Pessoas

Pagamento do banco de horas

Aos colaboradores que possuem saldo positivo em banco de horas, referente ao período entre os dias 11 de outubro de 2019 e 10 de abril de 2020, o valor será pago ao final deste mês, dia 30 de outubro.

Para consultar o saldo basta acessar o portal Humanus no link. Qualquer dúvida entrar em contato com a Área de Pessoas da SPTuris.

Retorno à Sede Administrativa e medidas de sanitização

Desde o dia 29 de setembro, as áreas que estavam alojadas temporariamente na DIE, Ouvidoria e Setor I do Sambódromoestão retornando de forma gradual à Sede Administrativa da SPTuris. A volta de todos está prevista para ser concluída na segunda semana de outubro. 

Para que a mudança fosse possível, foi realizado um esforço conjunto das equipes de limpeza, infraestrutura, Tecnologia da Informação e dos carregadores da empresa. Além das medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de distanciamento e limpeza, foi feita uma intensa sanitização de reforço no espaço, no dia 26 de setembro. 

A ação foi acompanhada pelo time de Segurança do Trabalho e também foi feita nas áreas complementares do Palácio das Convenções, como as salas de Operações, da Elétrica, de apoio da Tecnologia, depósitos e Copa da Sede, entre outras. Todas as medidas de segurança visam garantir a prevenção da contaminação dos funcionários pela Covid19 e a melhor acomodação de todos no retorno. 

Novos postos de aferição de temperatura corporal

Com o retorno à Sede Administrativa, informamos que há dois novos postos de aferição de temperatura corporal na chegada de funcionários e visitantes: no portão 35 e também na recepção da SPTuris.
Lembramos que esse procedimento é importante para o rastreamento e encaminhamento de casos sintomáticos da Covid – 19 e será feito após consentimento verbal. Se o termômetro infravermelho indicar uma temperatura corporal superior a 37,3 graus, a pessoa será orientada a aguardar por cinco minutos para que seja realizada uma nova aferição e, se constatado realmente o estado febril, ela será encaminhada para o Ambulatório Médico da empresa.

Encerramento do Setembro Amarelo na SPTuris

O Setembro Amarelo abre o debate sobre valorização da vida e de como ser solidário com as pessoas que estão passando por um momento difícil. Depois dos conteúdos sobre ansiedade e depressão, neste vídeo o Dr. Gentil e a auxiliar de enfermagem Conceição passam uma mensagem de encerramento das ações promovidas pela SPTuris durante o mês de setembro, com dicas e informações sobre as doenças. Assista:

Entre risos e homenagens

No dia 30 de setembro, o Dia da Secretária, a SPTuris organizou para suas funcionárias um café da manhã, feito no Setor J. As secretárias da SPTuris puderam se reunir e aproveitar as lembrancinhas que foram preparadas especialmente para elas. O dia foi criado para realçar as profissionais da área, que ajudam na organização, logística e atendimento, e esse era o objetivo da homenagem.

A origem da data remonta ao dia 30 de setembro de 1850. Esse é o dia do nascimento de Lilian Sholes, filha do inventor da máquina de escrever, Christopher Sholes. Lilian foi a primeira mulher a usar publicamente a máquina de escrever. Assim, quando ela completou 100 anos, muitas empresas criaram concursos de datilografia para homenageá-la e escolher a melhor profissional. Com seu grande sucesso, eles começaram a ser repetidos todos os anos, e como a maioria das participantes eram secretárias, a data foi oficializada.

Fotos: Cássio Machado, Gleide Quirino e Belle Motta.

Outubro Rosa: a importância da prevenção contra o câncer de mama

Ações da SPTuris:

  • Convite de abertura Outubro Rosa

Aconteceu hoje (02/10), às 9h30 no Setor J (Sambódromo), a roda de conversa e confraternização do Outubro Rosa, com a Doutora Ana Olandim.

Confira as fotos de Jose Cordeiro/SPTuris:

  • Retirada dos bottons 

Informamos que a partir de hoje (02/10/2020), às 9h, um representante de cada área deverá retirar um botton, feito especialmente para a campanha Outubro Rosa, na Área de Pessoas.

Fotos: Jose Cordeiro/SPTuris.

O botton será distribuído às funcionárias da SPTuris. Para retirá-lo, pedimos que confirmem se a AP ainda está na área do Portão 31, pois há previsão de mudança.

Saiba mais sobre o Outubro Rosa:

Anualmente, o mês de outubro é marcado por diversas ações para a conscientização a respeito do câncer de mama. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), entre 2020 e 2022, 66.280 mulheres serão diagnosticadas com a doença, ou seja, a cada 100 mil mulheres, 62 desenvolverão o câncer de mama.

O mais importante para reduzir o número de casos é a prevenção, e por isso que o movimento de conscientização internacional no mês de outubro é de suma importância. Conheça algumas informações com relação a história e prevenção do câncer de mama:

Como começou o movimento para a conscientização?
Teve início nos Estados Unidos na década de 1990, em que diversos estados realizavam ações isoladas para a prevenção do câncer de mama. Após a aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro foi definido como o mês da prevenção do câncer de mama. No mesmo ano, aconteceu a primeira Corrida pela Cura na cidade de Nova York, organizada pela Fundação Susan Global Komen Para a Cura, onde ocorreu a distribuiu de laços cor-de-rosa para os participantes. A partir disso, a fita cor-de-rosa virou o símbolo do movimento.

No Brasil, a iniciativa começou em outubro de 2002, com a iluminação do monumento conhecido como Obelisco do Ibirapuera, por incentivo de um grupo de mulheres defensoras da causa pelo câncer de mama. Atualmente, o movimento atinge diversos países pelo mundo, e todos os anos acontecem diversas ações com o objetivo de alertar a população.

Sobre o câncer de mama
É o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, ficando atrás somente para o de pele. O câncer de mama também pode ser diagnosticado nos homens, porém é raro, representando apenas 1% dos casos.

O desenvolvimento do câncer acontece pela multiplicação desordenada de células anormais das mamas, que acabam formando o tumor. A doença é rara antes dos 35 anos, sendo mais comum após 50 anos.

Quais são os sintomas?
O sintoma mais comum é a presença de nódulo na mama, que pode ser percebido pela própria mulher, por meio do toque. Outros sintomas que podem se manifestar são:

  • Alterações no bico do peito;
  • Pele da mama avermelhada, ou com aspecto de casca de laranja;
  • Surgimento de nódulos nas axilas e pescoço;
  • Saída de líquido anormal das mamas.

Como posso me prevenir?
Segundo especialistas, as melhores formas de prevenção (para fatores não hereditários), são a atividade física, alimentação saudável e evitar o consumo de álcool. Através da prática periódica de esportes, alimentação e gordura corporal adequados, é possível reduzir os riscos de desenvolver o câncer de mama. Para mulheres entre 50 e 69 anos, é importante também a visita anual ao médico especializado, para a realização de exames de caráter hormonal e radiológico.

Autoexame das mamas
É o “exame” que pode ser realizado por conta própria em frente ao espelho, para a detecção de anormalidades na região das mamas. Esse autoexame não substituí a ida ao especialista. Confira como realizá-lo:

  • Posicione-se em frente ao espelho, e observe os dois seios primeiramente com os braços caídos;
  • Coloque as mãos atrás da cabeça e observe o tamanho, posição e forma dos mamilos;
  • Pressione o mamilo e veja se há saída de secreção;
  • Em seguida, use a polpa dos dedos e realize movimentos circulares de cima para baixo, na região das duas mamas.

Caso sinta a presença de nódulo ou saída de secreção das mamas, consulte um ginecologista, que fará a solicitação de exames clínicos.

As formas de tratamento
Com o diagnóstico do câncer de mama, é importante avaliar os melhores tratamentos para o paciente.

Tratamentos locais: visa tratar o tumor localmente, e incluem a cirurgia e a radioterapia

Tratamentos sistêmicos: são caracterizados pelo uso de medicamentos – seja por via oral ou sanguínea – para a destruição das células sanguíneas, e podem ser:

  • Quimioterapia;
  • Hormonioterapia;
  • Terapia alvo;
  • Imunoterapia.

A importância da fala 
Não somente a existência do Outubro Rosa é importante, como também a divulgação de informações sobre o câncer de mama. Converse com pessoas que você conheça, informe-se mais e divulgue informações sobre o assunto. Juntos, podemos colaborar para a redução dos índices de câncer de mama no país e no mundo!

Setembro Amarelo – Você não está sozinho!

Você não está sozinho!

Setembro Amarelo é o mês para lembrarmos de ajudar a quem não quer mais viver

O tema é difícil e duro. Encontrar-se num beco sem saída e querer tirar a própria vida é uma situação mais frequente do que se imagina. É preciso muita sensibilidade e empatia para saber ajudar àqueles que se encontram sem horizontes ou sem esperanças.

 

O abandono da vida também envolve questões existenciais, filosóficas, sociológicas e crenças pessoais nas razões da criação do ser humano. O assunto tem sido estudado durante séculos em várias áreas das Ciências Humanas, na Psicologia e na literatura.

Hoje, dia 10 de setembro, é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. A SPTuris está ativa nesta campanha e de portas abertas para todos que precisem de apoio para enfrentar as dores psicológicas e até mesmo físicas que podem levar ao suicídio. Por isso, a Área de Pessoas, por meio da equipe do Ambulatório e da assistente social, Francisca de Lima, elaborou uma série de ações para conscientização coletiva durante o Setembro Amarelo.

Mensagem da SPTuris

A primeira mensagem da SPTuris para você é: estamos de portas abertas para te ajudar! A equipe da AP poderá te orientar, basta entrar em contato pelo ramal 0462, da Francisca.

Sexta-feira Amarela

A cada sexta-feira de setembro, começando por amanhã, dia 11 de setembro, venha com uma peça amarela e contribua nessa campanha de conscientização!

Balões Amarelos

Os balões que a AP colocou na empresa são símbolos dessa consciência para apoio àqueles que mais precisam de esperança.

 

Palestra da Unimed

A equipe da Unimed fará uma palestra no dia 25 de setembro sobre o tema. Aguarde!

Vídeo

A equipe do Ambulatório e da GCM estão preparando um vídeo sobre o assunto. A palavra será dada por este time: assistente social Francisca de Lima; coordenadora da AP, Ana Paula Alves; por um dos médicos do Ambulatório; pelo bombeiro Luiz Falcão; pela Luciana Assumpção (CAE) e por um veterinário convidado. Eles irão falar das questões psicológicas, médicas e sociais que envolvem o ato de suicídio, além da importância da adoção de animais neste processo e do bem que faz também a companhia das plantas.

Teleajuda

Você também pode ligar para 188, o Centro de Valorização da Vida (CVV). Falar é sempre a melhor solução!