Arquivos da categoria: SPTuris&Você

Cuidados com a saúde no inverno

Com a chegada dos dias mais frios, os cuidados com a saúde precisam ser redobrados. A queda da temperatura, associada à baixa umidade do ar, faz com que nosso organismo sinta a mudança climática, tanto interna quanto externamente.

Por isso, no inverno, além de consultar a temperatura prevista para o dia antes de sair de casa, dê uma olhadinha na umidade relativa do ar e adote os cuidados necessários.

Fonte: Climatempo.

Veja algumas dicas que podem ajudar a preservar sua saúde na estação mais fria do ano.

Mantenha os ambientes arejados. É muito importante abrir as janelas durante algumas horas do dia para renovar o ar do ambiente.

Atenção para as roupas e cobertores. Com a chegada do frio, tiramos do fundo do armário aqueles casacos grossos e cobertores que não vimos o ano interno. Antes de usá-los, o ideal é lavá-los e deixá-los secando ao sol, para remover todas as impurezas impregnadas pelo tempo guardado.

 Cuide da sua pele. Diminua o tempo no banho e evite água muito quente. Dê preferência a sabonetes neutros e use loções hidrantes em todo o corpo para evitar o ressecamento da pele. E não esqueça de beber bastante água.

Mantenha as vias aéreas sempre hidratadas. Com o ar seco, o nariz, os olhos e a boca se desidratam e podem até perder parte de suas capacidades de defesa. A pequena quantidade de água em forma de vapor na atmosfera também permite que as partículas de poluentes fiquem mais tempo flutuando no ar e entrem em contato com essas mucosas. Use soro fisiológico para umidificar olhos e narinas.

Lembre-se: Se já possui doença respiratória, mantenha o uso das medicações prescritas para o controle. Mantenha suas vacinas em dia.

Outras medidas também podem reduzir o risco de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. São elas:

  • Evitar tocar nos olhos, no nariz e na boca, principalmente se não estiver com as mãos limpas.
  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete ou usar álcool gel 70%.
  • Cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, usando um lenço de papel ou o braço, nunca as mãos. Depois, jogar o lenço descartável no lixo.
  • Ficar a pelo menos dois metros de distância de pessoas doentes.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies usados com frequência, como o celular.
  • Utilizar máscaras de proteção quando precisar sair de casa.

Dia dos Namorados

Em tempos de quarentena, é preciso ter muita criatividade para comemorar aniversários e datas festivas.

A próxima data é o Dia dos Namorados, que acontece em 12 de junho, e preparamos algumas dicas para você se inspirar.

Presentes

Comprar presente gastando pouco nem sempre é fácil, mas vale a pena pesquisar, verificar promoções e comparar preços para encontrar as melhores ofertas.

– Em primeiro lugar, defina qual presente você quer dar e qual valor você pode gastar sem comprometer sua renda;

– Utilize cupons de descontos que você pode aplicar antes de finalizar as compras on-line;

– Utilize as ferramentas digitais que comparam preços de produtos em várias lojas;

– Aproveite os cartões fidelidades e programa de pontos das lojas, pois eles podem render um bom desconto;

– Confira o valor do frete e o prazo de entrega. Muitas vezes as taxas não compensam;

– Fique de olho nas formas de pagamento e nas condições de parcelamento. Muitas vezes embutem juros e você só perceberá quando a fatura do seu cartão chegar;

Se não deu tempo de comprar pela internet, algumas lojas, inclusive de shoppings, estão oferecendo a opção de drive thru. Você faz o pedido pelo WhatsApp e retira seu produto sem sair do carro.

Para quem quer surpreender, que tal preparar um jantar romântico com o prato preferido do seu amor? Não é necessário gastar muito dinheiro, uma vez que só é preciso separar o que seu par gosta e montar uma mesa com a louça mais bonita que você tiver em casa.

Se cozinhar não é sua especialidade, outra opção para a data não passar em branco é aproveitar para pedir um prato especial pelo delivery. A variedade é grande e vários restaurantes estão com promoções e pacotes para os apaixonados aproveitarem o melhor da gastronomia no aconchego de casa.

Veja mais dicas em cidadedesaopaulo.com.

Medidas de distanciamento na Copa da Tia Lu

Na atual situação, não há dúvidas de que o foco deve estar na saúde das pessoas e nas medidas de contenção do coronavírus.

Em atendimento às medidas de distanciamento social nas dependências da empresa, informamos que as mesas e bancos da Copa da Tia Lu foram reposicionados de modo que os colaboradores que a utilizam para fazer suas refeições possam manter o afastamento de no mínimo 1 metro uns dos outros.

Contamos com a colaboração de todos.

Como fazer seu home office dar certo

Trabalhar de casa é uma das saídas para diminuir o contágio do novo coronavírus. Como nem todo mundo está acostumado a essa modalidade de trabalho, confira algumas dicas para fazer o seu dia render mesmo em casa.

Reserve um canto da casa

É importante preparar um ambiente em que você possa se concentrar, contando com boa iluminação, conexão à internet e outras ferramentas necessárias para realizar a sua função, além de criar disciplina e foco para trabalhar em casa como se estivesse no escritório.

Utilize ferramentas para reuniões

O contato cara a cara nem sempre pode ser dispensado, mesmo quando toda a equipe está em home office. Algumas ferramentas, como Microsoft Teams, que a SPTuris adota para videochamadas (veja o tutorial no nosso blog neste link) podem ser usadas e permitem reuniões on-line, inclusive com compartilhamento de tela.

Cumpra seu horário

Se você tem um horário fixo de trabalho, deve cumpri-lo rigorosamente também quando está trabalhando de casa. Você já deve ganhar alguns bons minutos por não ter de pegar trânsito.

Use uma roupa certa

Outra dica é trocar de roupa, como se de fato você fosse sair para trabalhar. Claro que você não precisa vestir a melhor calça e nem usar salto alto, mas deve, sim, tirar o pijama para não deixar o dia de home office com cara de domingo chuvoso.

Avise seus familiares

Um cuidado especial para quem não mora sozinho e tem família em casa durante o expediente é avisar a todos que você está trabalhando. Se for possível, mantenha a porta fechada para se concentrar melhor. Claro que tudo isso depende da situação de cada um. Quem tem filhos pequenos em casa vai precisar de uma dose extra de capacidade de adaptação.

Tenha cuidado com as informações

Por fim, é importante lembrar que, mesmo que você esteja em home office, assuntos sigilosos da empresa continuam sendo sigilosos e devem ser tratados com muito cuidado sempre.

ADOTE UM PET, ADOTE UM AMIGO!

Você gostaria de adotar um pet? A Prefeitura de São Paulo continua com as adoções, mas agora o processo está sendo online. As fotos e as histórias dos animais estão disponíveis na internet e você só vai até o local para levar seu novo amigo para casa!

Para adotar, você precisa ser maior de idade, apresentar RG e CPF, comprovante de endereço atualizado e, no dia, levar coleira (no caso de adoção de cães) ou caixa de transporte (no caso de gatos) para o transporte seguro do animal.

Para iniciar o processo, acesse o Portal de Atendimento SP156:
https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal/servicos/informacao?servico=3676

Dicas para manter seu smartphone higienizado

Assim como a lavagem cuidadosa das mãos e outras práticas de higiene, também devemos  manter nossos smartphones limpos. Estudos mostram que os vírus podem sobreviver em superfícies de plástico ou metal por até 2 ou 3 dias.

 

O display do smartphone é o local que mais tem sujeira, já que é onde colocamos os dedos inúmeras vezes. No entanto, esta parte é sensível, e a limpeza da tela deve ser feita com atenção.

Os produtos desinfetantes e à base de água sanitária não são indicados para esse tipo de limpeza, pois, embora eles possam ser úteis para manter a higiene dos espaços comuns da casa, essas soluções podem descascar ou danificar o dispositivo.

Confira abaixo algumas sugestões de como você pode limpar seu smartphone de maneira eficaz e segura.

– Desligue totalmente o dispositivo e remova a capa, os cabos e outros acessórios;
– Utilize um produto à base de álcool (etanol ou álcool isopropílico 70%) e o aplique em um pano macio ou de microfibra que não soltem fiapos. Evite colocar o produto diretamente no seu aparelho para não comprometer as aberturas do dispositivo;

  

– Umedeça seu pano e limpe com cuidado a parte frontal e traseira;
– Em seguida, finalize passando a parte seca do pano sobre o aparelho.

Pronto! Seu smartphone já pode ser utilizado!

Como tornar a equipe produtiva

Manter a produtividade em alta faz a diferença e contribui para o sucesso de qualquer trabalho. Em tempos difíceis como o que estamos vivendo, é importante manter o foco e encontrar o que há de melhor nas pessoas e com os recursos disponíveis no momento.

Para tanto, uma série de acertos devem ser feitos, desde questões corriqueiras do dia a dia até a definição de funções de acordo com o perfil de cada colaborador.

Confira algumas dicas:

– Trace metas e objetivos bem claros, assim todos terão em mente o propósito de suas próximas ações;

– Dê e receba feedback. Pontue erros e acertos sem expor a capacidade de cada um para os demais integrantes da equipe;

– Chamar os colegas ou subordinados de “meu bem”,”querida”, “flor”, entre outros exemplos, denota falta de profissionalismo. Mesmo que a equipe trabalhe junto e se conheça a um bom tempo, todos estão em um ambiente corporativo. Não confunda simpatia com excesso de informalidade e intimidade;

– Coloque colaboradores com o perfil adequado para cada cargo. Trocas de funções dentro da própria empresa podem ser bem interessantes;

– Cultive um ambiente leve e agradável. Por mais que as adversidades pareçam maiores, sempre existe um lado positivo.

O corpo fala nos negócios e na vida.  Na maioria das vezes, reagimos a uma informação de maneira não verbal. Analise o que as pessoas falam sem pensar.

Veja alguns exemplos:

Braços cruzados – não estou disposto a ouvir
Queixo apoiado – cansado, desinteressado
Tamborilar os dedos – impaciente, entediado
Andar de um lado para o outro – nervoso, tenso

Recostar-se na cadeira – relaxado, à vontade
Balançar a cabeça lateralmente – incrédulo
Virar os olhos – cético, sarcástico
Balançar a cabeça positivamente – de acordo
Dar de ombros – descomprometido, desinformado

Hoje é o Dia Mundial do Livro

Em tempos de quarentena, que tal separar uma hora do seu dia para ler um bom livro?

Para passar o tempo ou para atualizar seus conhecimentos, a leitura é sempre uma boa pedida. Além de contribuir para melhorar a escrita e aumentar o vocabulário, o hábito de ler nos ajuda a desenvolver o senso crítico, ou seja, passamos a analisar de forma mais racional e inteligente os fatos que acontecem ao nosso redor.

Você sabia que a Copa da Tia Lu tem uma biblioteca à disposição dos funcionários com títulos de gêneros variados?

Ficção, biografia, romance… Escolha o tema que mais lhe agrada e viaje sem sair do lugar!

Veja alguns títulos de nossa biblioteca:

Fotos: Gleide Silva/SPTuris

Dicas de como realizar uma videochamada 

Por conta do distanciamento social, indicado para frear a propagação do Covid-19 em todo o mundo, algumas das reuniões corporativas têm sido realizadas à distância, por meio de videochamadas. Tendo em vista o melhor desempenho desses encontros virtuais, confira algumas dicas para a utilização do seu aparelho (seja webcam, tablet, smartphone etc.) e de postura profissional. Lembrando que a SPTuris adota o programa Microsoft Teams para essa atividade.

Um vídeo corporativo em home office deve refletir a mesma imagem profissional que você transmite no trabalho presencial, destinando atenção específica para o modo de sentar-se, vestir-se e de comunicar-se, que devem ser as mesmas adotadas no escritório.

Abaixo, seguem quatro passos para você seguir antes de fazer ou aceitar uma chamada de videoconferência:

Passo 1 – Iluminação

•             Quanto mais iluminação, melhor, mas cuidado com excessos: a superexposição de luz diminui a sensibilidade dos sensores da câmera e prejudica a definição da imagem.

•             Dê preferência à luz natural, pois é sempre mais simples e adequada do que a artificial (lustres e abajures). Mas tenha um cuidado especial com as sombras.

•             Nunca fique de costas para a janela! Quando a luz está posicionada atrás de uma pessoa, faz com que o sensor da câmera do celular se ajuste à claridade, escurecendo a imagem principal.

Passo 2 – Som

•             Um som ruim é capaz de estragar uma videochamada. Além de ser desagradável para quem assiste, a qualidade do áudio é mais importante que a da imagem, já que ele é o portador principal de conteúdo.

•             Fuja de ambientes barulhentos, como aqueles com barulho de vento, música, animais domésticos, televisão ligada ou crianças chorando. Feche portas e vidros de janelas. Avise que você não poderá ser interrompido. Desative notificações de mensagens e aplicativos.  Se for um vídeo gravado de um celular, coloque-o em modo avião.

•             Procure um ambiente que tenha pouco eco (retorno de som). Em geral, espaços maiores e com sofás, cortinas, almofadas e tapetes tendem a absorver melhor ondas sonoras. Já reparou que estúdios de gravação têm paredes forradas de materiais especiais? É por essa razão.

•             Evite o microfone do celular ou computador (built-in), pois ele capta o som de todo o ambiente, não apenas a sua voz. Se possível, recorra a um microfone externo. Fones de ouvido podem ser usados.

Passo 3 – A imagem

•             No caso de celular, coloque-o sempre na horizontal. Na vertical, a imagem ficará com tarjas pretas nas laterais quando alguém assiste ao vídeo em aparelho posicionado na horizontal (formato 16:9 ou widescreen). É importante também apoiá-lo em um local firme ou usar um tripé para que a imagem não fique trêmula.

•             Um erro muito comum – tanto em fotos como vídeos – é as pessoas olharem para o centro do celular e não para a câmera. Para evitar isso, posicione a lente da câmera na altura dos seus olhos, assim seu rosto sairá sem testas ou papadas em primeiro plano.

•             A inclinação da câmera também é importante. Alinhe-a em paralelo ao seu corpo, para que apenas o que estiver atrás de você saia na imagem. Para saber se está correta, certifique-se que tetos e pisos não constam na imagem.

•             Teste seu celular ou notebook antes de iniciar um vídeo, assim dispensa o clássico “estão me ouvindo?” e “estão me vendo?”, que só fazem todos os envolvidos perderem tempo. Pode parecer que não, mas esse é um cuidado que reflete na sua imagem corporativa.

Passo 4 – Visual

•             Evite ambientes que possam distrair sua audiência. Na dúvida, escolha uma parede fosca de cor neutra, com poucas informações.

•             Por outro lado, o fundo usado deve ter conexão com a mensagem que se deseja transmitir. Se é um vídeo corporativo, o ideal é evitar ambientes informais. Note, por exemplo, que jornalistas de televisão que estão entrando ao vivo de suas casas dão preferência a fundos com livros. Lembre-se: o cenário também passa informação sobre você.

•             Por fim, para passar uma boa imagem, sente-se em uma posição cômoda e escolha peças de roupa que não tenham o mesmo tom da parede. É importante que você se sinta confortável durante o vídeo e evite se movimentar sem necessidade. Para as mulheres, cuidado especial para que bijuterias não fiquem batendo no microfone.

Assédio moral: esteja alerta aos sinais de desrespeito na relação profissional

Violência psicológica, constrangimento, humilhação e perseguição não promovem a produtividade, causam traumas e são passíveis de punição, podendo gerar a demissão do assediador

 

A humanização das relações de trabalho, seja entre patrão e seu funcionário ou entre o gestor e seus colaboradores, é – ou deveria ser – uma busca constante nas empresas. Pessoas que se tratam com respeito no ambiente profissional costumam produzir melhor e os resultados de uma equipe de colaboradores que trabalha em harmonia são comprovadamente melhores.

Infelizmente, o contrário disso – as relações abusivas – são bastante comuns no mundo corporativo. Mas, atenção: “comum” não é “normal”. Não é, sequer, aceitável.

“É uma violência psicológica, que começa devagar e de maneira sutil vai fazendo com que o assediado se sinta cada vez mais incapaz profissionalmente. A pessoa que passa por isso vai perdendo a autoestima e pode chegar a quadros de depressão”, explica a psicanalista Lelah Monteiro, que ministra palestras sobre assédios moral e sexual. “A pessoa começa a passar por situações em que, por melhor que ela faça seu trabalho, o chefe ou o assediador vai sempre ter um ‘senão’”, acrescenta a doutora.

O primeiro pensamento que pode ocorrer a quem se sente, de alguma forma, em situação de assédio moral no trabalho é se é mesmo abusiva a conduta do assediador ou se ela – a pessoa assediada – está ‘exagerando’. “O ato isolado de violência psicológica no trabalho não se confunde com o assédio moral, embora também possa ensejar a responsabilização civil, administrativa, trabalhista e criminal do agressor. O assédio moral pressupõe, conjuntamente, que seja habitual, direcionado à mesma pessoa ou mesmo grupo”, explica  Adriana Barreto,  coordenadora do jurídico cível e trabalhista do Roncato Advogados. “Em geral, a pessoa que passa por esse tipo de situação não se sente mais à vontade em permanecer na empresa, mas não sabe como agir”, acrescenta Adriana.

A denúncia de assédio é coisa muito séria. É importante que se tenha provas. “Um e-mail, uma conversa via WhatsApp ou ainda pessoas que tenham presenciado os fatos”, explica a advogada. “Nesse tipo de situação, as provas são imprescindíveis, caso contrário será a palavra do funcionário contra a palavra do acusado do assédio”, acrescenta. Também é importante lembrar que a falsa comunicação de assédio acaba em desligamento da empresa e problemas com a Justiça. É sempre bom ressaltar que passa por cada um dos colaboradores da empresa o incentivo às práticas de relações saudáveis e respeitosas no ambiente de trabalho. 

Caso algum colaborador esteja passando por algum tipo de assédio moral, a recomendação é que se procure a Área de Pessoas (AP), no ramal 0583, ou o canal de denúncias da Ouvidoria.

Denúncias identificadas: ramal 0432 ou ouvidoria@spturis.com .
Denúncias anônimas: ramal 0432 ou por meio do site spturis.com, no
ícone Canal de Denúncias.