GDP é a nova fonte de receita da SPTuris

A Gerência de Pesquisa (GDP) é o mais novo canal de negócios da SPTuris. Sob responsabilidade do gerente João Carlos de Oliveira, o setor é resultado do desmembramento realizado entre o departamento de Comunicação e o Observatório de Turismo e Eventos (OTE).

“Nós temos vendido o trabalho de pesquisa para a Prefeitura e continuamos com a manutenção do site e acervo do Observatório”, explica João Carlos. Os dados do OTE são fonte para institutos e jornalistas de todo o país e referência internacional, pois o OTE faz parte da Organização Mundial de Turismo (OMT).

Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris.

A realização de pesquisas gerou, em 2019, receita superior a R$ 300 mil para a SPTuris. “Atualmente, estamos fazendo uma pesquisa sobre a noite em São Paulo. É um trabalho que pode orientar políticas públicas sobre a movimentação noturna e a concentração por bairros”, explica o gerente.

A equipe da Gerência de Pesquisa conta ainda com a analista de Turismo Andrezza Serra, com 14 anos de casa, e os técnicos em Turismo Davi Melão, com três anos de empresa, e Janaína Machado, com nove anos.

 

Por Heverton Nascimento/ SPTuris